Gregori pede inquérito sobre vazamento da Sudam

O ministro da Justiça, José Gregori, determinou ao diretor-geral da Polícia Federal, Agílio Monteiro Filho, na manhã de hoje, a abertura de inquérito para identificar o responsável pelo vazamento do conteúdo das fitas gravadas pela Polícia Federal sobre o caso Sudam. "Quero saber se foi a PF e espero que o Brindeiro (referindo-se ao procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro) esteja fazendo o mesmo em relação aos procuradores federais", afirmou o ministro, ao lembrar que o acesso ao processo está restrito à PF e ao Ministério Público.Gregori disse estar surpreso com o valor do desvio de dinheiro da Sudam, apurado pelo governo, que chega a R$ 1,7 bilhão. Para o ministro, isso mostra que além de colocar os responsáveis na cadeia é necessário que o modelo da Sudam seja revisto. O episódio, segundo Gregori, não causou nenhum problema de relacionamento com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, a quem a Sudam está subordinada.Para o ministro da Justiça, a Polícia Federal fez o que tinha de ser feito na investigação desse caso e vai continuar fazendo. José Gregori acompanhou o presidente Fernando Henrique Cardoso, em Formosa (GO), na entrega de veículos adquiridos com recursos do Programa Nacional de Segurança Pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.