Gregori defende punição para matadores de Galdino

O ministro da Justiça, José Gregori, defendeu nesta segunda-feira, de forma indireta, a punição dos quatro rapazes que mataram o índio pataxó Galdino de Jesus.?Ainda que os acusados não quisessem a tragédia, a verdade é que tinham idade, discernimento e são todos de boa família, até privilegiados?, afirmou o ministro.?Eles tinham noção do mal que estavam fazendo. Confio na Justiça, especialmente no Tribunal de Júri, que é o povo decidindo?, acrescentou Gregori.Na época da morte de Galdino, Gregori foi uma das primeiras autoridades do governo a se manifestar sobre o fato, já que era secretário de Direitos Humanos do Ministério da Justiça.?Foi um crime bárbaro que desencadeou um clamor não só no Brasil, como no exterior?, disse Gregori.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.