Greenhalgh quer investigadores investigados

O deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP) vai encaminhar ao procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, pedido para que ele requeira informações junto aos quatro integrantes do Ministério Público que estão atuando nas investigações dos desaparecidos na guerrilha do Araguaia sobre diligências que poderiam estar fazendo neste caso, sem autorização judicial.Nesta terça-feira, Greeenhalgh ouviu depoimento na Comissão de Direitos Humanos da Câmara do jornalista Flávio Sacramento, filho do sargento João Santa Cruz, que trabalhou na guerrilha, denunciando que foi procurado por duas pessoas que se intitulavam procuradores, em busca de documentos em sua casa.Passados alguns dias, a sua mãe, que mora em outra cidade, também no Pará, recebeu visita de duas pessoas, que não sabe se são as mesmas, também em busca de papéis sobre a guerrilha.Greenhalgh, estranhando tal atitude, quer que Brindeiro verifique se essas pessoas são mesmo procuradores e se eles possuem ordem judicial para tais investidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.