Greenhalgh pretende votar amanhã relatório da Previdência

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) suspendeu a discussão sobre a reforma da Previdência, para que os deputados possam participar da votação da ordem do dia no plenário da Câmara. O presidente da CCJ, deputado Luiz Eduardo Greenhalgh, logo após a suspensão da sessão, anunciou que pretende votar amanhã o parecer do deputado Maurício Rands (PT-SE) sobre a reforma previdenciária. Em atendimento a um acordo de líderes, os destaques de votação em separado (DVS) - emendas que os deputados apresentam para alterar o parecer - serão discutidos e votados na quinta-feira. Com isso, Greenhalgh conseguiria manter o calendário previsto de votar as duas reformas constitucionais (a da Previdência e a tributária) até o dia 5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.