Greenhalgh diz que advogou para Dantas dentro da lei

O ex-deputado federal do PT Luiz Eduardo Greenhalgh declarou hoje, em nota, ter sido contratado como advogado criminalista pelo sócio-fundador do Banco Opportunity, Daniel Dantas - preso hoje pela Polícia Federal (PF) na Operação Satiagraha -, e afirma ter atuado na defesa do empresário "nos estritos marcos da legalidade e da ética profissional". "Fui contratado por Daniel Dantas para assisti-lo na qualidade de advogado criminalista, atividade que exerço há mais de 30 anos", afirma ele no comunicado. "Atuei na defesa de meu cliente nos estritos marcos da legalidade e da ética profissional."Greenhalgh afirma desconhecer as razões que motivaram o envolvimento de seu nome nas investigações. "Não tive acesso aos autos. O que sei foi pela imprensa e pela entrevista dos promotores", informa a nota. "Nem mesmo durante a ditadura militar fui envolvido numa investigação por conta de minha atuação na defesa de meus clientes. A violação às prerrogativas do advogado é prática inadmissível no Estado Democrático de Direito."O procurador da República Rodrigo de Grandis, responsável pelas investigações, afirmou que o ex-deputado seria "o elo" entre o grupo formado por Daniel Dantas com os poderes Executivo e Legislativo. Grandis disse que as interceptações telefônicas feitas na operação mostram que o ex-deputado era, inclusive, chamado por dois apelidos: Leg e Gomes. O procurador lamentou o fato de o juiz ter indeferido os mandados de prisão, busca e apreensão referentes ao ex-deputado.A Operação Satiagraha foi deflagrada hoje na seqüência de investigação sobre suposto esquema de desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro. A PF iniciou as investigações há quatro anos, como desdobramento do caso do mensalão. Foram expedidos 24 mandados de prisão e, segundo a PF, 17 já foram cumpridos. Além de Dantas, entre os presos estão o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o investidor Naji Nahas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.