Gratz é preso novamente no ES

A Polícia prendeu nesta sexta-feira, a mando da Justiça Federal, o ex-presidente da Assembléia Legislativa do Espírito Santo José Carlos Gratz e o ex-diretor da Casa André Nogueira. Os dois, que já haviam sido presos, irão para o Rio de Janeiro, onde ficarão em um presídio estadual, já que a Polícia Federal do Rio não possui carceragem. Na chegada, eles serão encaminhados à sede da Polinter. Mais tarde, seguirão à uma das penitenciárias do Estado, possivelmente o Presídio Ponto Zero, na zona oeste carioca, em que estão os presos com nível superior.Os dois estavam em casa no momento em que foram detidos e não reagiram. Eles são acusados de envolvimento em um esquema de venda de sentenças judiciais, do qual participaram juízes e desembargadores. A prisão foi por determinação do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região, que engloba os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Gratz e Nogueira chegarão ao Rio de Janeiro ainda nesta sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.