Graça: Petrobras atendeu 16 pedidos do TCU desde 2012

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, afirmou nesta terça-feira, 15, que em relação aos órgão de fiscalização e controle, a Petrobras teve, desde novembro de 2012, "diversas oportunidades de relacionamento com o TCU (Tribunal de Contas da União) e CGU (Controladoria-Geral da União)".

CARLA ARAÚJO, Agência Estado

15 de abril de 2014 | 12h25

"Temos 16 solicitações do TCU neste período e uma agenda disciplinada com o TCU. Temos todo interesse em atender o TCU", afirmou, em depoimento a duas comissões do Senado que acontece neste momento.

Segundo a presidente da estatal, existe um trabalho de campo do TCU junto com a Petrobras. "Criamos, no início de março uma comissão de apuração interna para deixar completamente claro o processo de Pasadena dentro da Petrobras", afirmou.

Mais conteúdo sobre:
PetrobrasGraça FosterSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.