Grã-Bretanha barra 7 brasileiros por dia no 1º tri de 2009

Relatório aponta que 645 brasileiros foram barrados nas fronteiras do país entre janeiro e março deste ano

BBC Brasil, BBC

21 de maio de 2009 | 05h39

Dados divulgados pelo Ministério do Interior da Grã-Bretanha apontam que 645 brasileiros foram barrados ao tentarem entrar no país nos primeiros três meses deste ano. Estes números indicam que, em média, sete brasileiros foram impedidos de entrar todos os dias no Reino Unido no primeiro trimestre de 2009.

De acordo com um relatório divulgado na quarta-feira pelo Ministério do Interior britânico, no total, 1.550 brasileiros foram barrados, deportados ou saíram voluntariamente do país no primeiro trimestre deste ano.Esta cifra também inclui 285 casos de deportações e de pessoas que se retiraram do país voluntariamente por meio de programas de estímulo ao retorno; 170 casos de imigrantes ilegais que retornaram com a ajuda da Organização Internacional para a Imigração (OIM); e 450 outros casos de retorno voluntário.

Deste total de brasileiros impedidos de entrar no país, deportados ou que se retiraram voluntariamente, a grande maioria (1.085) tinha como destino a própria Grã-Bretanha.

Outros 425 seguiam para outros países da União Europeia e 35 seguiam para outros lugares ou tinham destino ignorado pelas autoridades britânicas.

O total de brasileiros barrados, deportados, ou que se retiraram voluntariamente da Grã-Bretanha nos três primeiros meses de 2009 é o maior registrado entre todas as nacionalidades no período.

O país que teve mais cidadãos barrados nas fronteiras e obrigados a se retirar em seguida, no entanto, foi o Afeganistão, com 1.160 casos registrados.

Ainda de acordo com o relatório, no final do mês de março deste ano, dez brasileiros estavam presos na Grã-Bretanha por questões relacionadas apenas à imigração.

Em 2008, 605 brasileiros obtiveram a cidadania britânica, seja por meio de casamentos ou por tempo de residência no país.

Primeiro lugar

Outros dados preliminares sobre o ano de 2008 divulgados no início deste mês apontam que, pelo quinto ano consecutivo, o Brasil ocupou o primeiro lugar na lista dos países com o maior número de cidadãos barrados na Grã-Bretanha.

De acordo com o documento, cuja versão final será divulgada em julho ou agosto de 2009, 6.395 brasileiros foram mandados de volta no ano passado.

Deste total, 1.340 foram deportados após um período na ilegalidade e 3.985 foram barrados nas fronteiras britânicas e mandados de volta em seguida. A cifra ainda inclui um número de retornos voluntários e de pedidos de asilo negados. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.