Governo vai prorrogar prazo para Varig e Vasp

O ministro da Defesa, José Viegas, informou hoje, por meio de nota distribuída por sua assessoria, que no dia 10 de outubro o Ministério da Defesa irá prorrogar mais uma vez o prazo para a assinatura dos contratos de concessão da Varig e da Vasp.A renovação definitiva, que permite à empresa voar por 15 anos, está pendente desde outubro de 2003, quando se encerrou o contrato assinado em 1988. A questão é que a legislação não permite que uma empresa com dívidas com a Previdência Social tenha sua concessão pública renovada.Para manter a Varig e a Vasp em operação, a estratégia do governo tem sido prorrogar o prazo para assinatura do contrato. As datas limites para firmar essas concessões têm sido postergadas por seis meses. Em abril passado o prazo foi estendido novamente até outubro. Dessa vez, porém, segundo a assessoria de Viegas, a prorrogação do prazo de assinatura do contrato não terá uma data definida."Nós vamos fazer o que for preciso para que a aviação brasileira continue tendo uma operação internacional que nos rende US$ 1 bilhão de divisas e para que os empregos da Varig sejam mantidos no nível mais alto possível, compatível com a boa administração dessa empresa e das empresas aéreas em geral", destacou o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.