Governo vai liberar verbas de emendas parlamentares

O ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, disse que o governo está reorganizando sua base e reafirmou o compromisso de cumprir os investimentos previstos nas emendas parlamentares ao Orçamento da União da 2004. No total, as propostas apresentadas por deputados e senadores individualmente somam R$ 2,5 bilhões. Desse total, segundo Rebelo, o governo já empenhou R$ 1 bilhão e pagou cerca de R$ 400 milhões. Perguntado sobre o pleito dos prefeitos em relação à renegociação de suas dívidas, o ministro foi evasivo. Disse apenas que elas foram renegociadas no governo Fernando Henrique e que o atual governo está cumprindo os acordos, mas está aberto ao diálogo com todos. "A existência de dívidas não impede que se tomem empréstimos no exterior", disse. Ele fez essas afirmações durante encontro com membros da Frente Nacional dos Prefeitos, que congrega sobretudo prefeitos de capitais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.