Governo usará sua influência para aprovar Previdência, diz Dirceu

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, deixou claro para a bancada do PT, com a qual se reuniu hoje, por cerca de duas horas e meia, que o governo vai trabalhar pela aprovação do relatório do deputado José Pimentel (PT-CE) sobre a reforma da Previdência. O deputado Paulo Bernardo (PT-PR) relatou que Dirceu foi categórico ao dizer que o governo vai usar de influência para aprovar o texto de Pimentel e que não está trabalhando com a possibilidade de alteração na votação da proposta, mesmo que eventualmente perca em algum ponto. Dirceu fez essas afirmações ao ser questionado por deputados se o relatório de Pimentel era preliminar e se o governo negociaria outras alterações na proposta. Dirceu disse que não haverá relatório preliminar e que a posição do governo é de defender a votação desse relatório, tanto na comissão especial quanto no plenário da Câmara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.