Governo trouxe de volta a maldita inflação, diz Paulinho

O deputado federal e líder do partido Solidariedade, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, destacou que o governo da presidente Dilma Rousseff "trouxe de volta a maldita inflação", ao adotar uma política econômica que também gerou um fraco crescimento do PIB desde 2011. Naquele ano, o Brasil cresceu 2,7%, marca que baixou para 1% em 2012 e atingiu 2,5% em 2013. Para 2014, o Banco Central espera 2%, mas esse número poderá ser revisado na próxima quinta-feira, quando será divulgado o relatório trimestral de inflação relativo a junho.

RICARDO LEOPOLDO, Agência Estado

21 Junho 2014 | 14h13

"O governo produziu a desindustrialização no Brasil, que exportou empregos bons para outros países", disse Paulinho. Ele também citou que o Poder Executivo "destruiu" a Petrobras, com "roubalheira". "Há seis anos a Petrobrás valia R$ 510 bilhões e hoje vale R$ 179 bilhões".

Paulinho defendeu que os trabalhadores e o partido que comanda, o Solidariedade, apoiem "o futuro presidente do Brasil, Aécio Neves." O candidato do PSDB ao Palácio do Planalto, em seguida, destacou que o Solidariedade é um aliado de primeira hora, que preferiu se distanciar do atual governo do PT e não aceitou "benesses" de estar próximo ao poder.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.