Governo trabalha para fortalecer a Força Aérea, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse, em discurso na Base Aérea de Brasília, depois de ser condecorado com a Ordem do Mérito Aeronáutico, que o seu governo, desde os primeiros dias, vem trabalhando com o objetivo de fortalecer a capacidade operacional da Força Aérea. "No amplo programa de Defesa Nacional figura a necessidade de proporcionarmos à Força Aérea Brasileira adequadas condições de atuação, compatíveis com a estatura política e estratégica do País e com as suas possibilidades materiais", afirmou o presidente, ao ler o seu discurso. Segundo ele, o propósito de fortalecimento da Força Aérea vem sendo conduzido "de modo realista e responsável". Lula disse ainda que embora as carências (financeiras) limitem a atuação da Força Aérea, isso não desmotiva os seus integrantes. Ele citou o trabalho da FAB no atendimento a calamidades e os programas de governo, principalmente as campanhas de saúde pública. Destacou ainda o papel desempenhado por órgãos ligados à Aeronáutica, como o Instituto Tecnológico (ITA)e o Centro Tecnológico (CTA) e o papel integrador que a Força desempenha na história do Brasil, junto com a Marinha e o Exército. O presidente disse ainda que personalidades da aeronáutica, como Santos Dumont e o brigadeiro Eduardo Gomes, entre outros, inspiram o Brasil para conquistar seus ideais. "Nossos ideais são claros: a construção de um Brasil em que sejam corrigidas as gritantes injustiças sociais e a consolidação de uma nação democrática, dinâmica, forte e solidária". O presidente participou, logo depois, de almoço na Base Aérea.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.