Governo se sente bem representado pelo PMDB, diz Lula

Presidente minimiza derrota do PT no Senado e diz que o PMDB é parceiro do partido há vários anos

Kelly Lima, da Agência Estado,

03 de fevereiro de 2009 | 17h16

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva minimizou nesta terça-feira, 3, a derrota sofrida pelo seu partido, o PT, nas eleições para a Presidência do Senado. José Sarney e Michel Temer, ambos do PMDB, venceram no Senado e na Câmara dos Deputados, respectivamente. "O PMDB é nosso parceiro de vários anos e o governo se sente bem representado nas duas Casas com os nomes escolhidos", disse.   Veja também: Com Temer e Sarney, PMDB comandará Casas do Legislativo   Indagado sobre a possibilidade de a vitória do PMDB alterar alguma decisão sobre uma indicação do Planalto da ministra chefe da Casa Civil para a sucessão presidencial, o presidente disse apenas que "o Planalto não é partido para indicar ninguém". "Quem vai decidir isso é o PT no momento certo. Por enquanto a Dilma continua a ministra responsável pelo PAC", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.