Governo revoga MP para votar prorrogação de CPMF hoje

O governo decidiu revogar a Medida Provisória que trata de aposentadoria rural, que está trancando a pauta do plenário da Câmara, para votar na noite de hoje, em segundo turno, a proposta que prorroga a cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) até 2011. Em reunião no gabinete do líder do governo na Câmara, José Múcio Monteiro (PTB-PE), com os líderes da base, ficou decidido que os aliados vão tentar concluir a votação em segundo turno até a madrugada. Líderes aliados prevêem que, por causa da obstrução dos partidos de oposição, as votações serão estendidas até 4 horas da madrugada. "A recomendação para a base é jantar antes das 7 horas da noite e ficar no plenário. Hoje não tem a peladinha da noite, nem jantar fora e nem namoricos", disse o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO). Ele afirmou que a questão dos aposentados contemplada na MP que será revogada será incluída em um projeto de lei que já tramita na Câmara sobre o mesmo tema. Segundo Jovair, a sessão extraordinária para votar a CPMF deverá começar às 19 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.