Governo reúne 138 prefeitos em São Luís

Os ministros da Secretaria de Relações Institucionais (SRI) da Presidência da República, Ideli Salvatti; do Turismo, Gastão Vieira; e de Minas e Energia, Edison Lobão, participaram nesta quinta-feira, 07, de "Encontro Estadual com Prefeitos e Prefeitas" do Maranhão. A rodada de debates foi realizada em São Luís. Também esteve presente a governadora Roseana Sarney (PMDB). Embora essa ronda já tenha envolvido 24 Estados, o evento já alcançou a 27ª edição. Em Estados com grande quantidade de prefeituras, como Minas Gerais e São Paulo, foram realizados mais de um encontro com os prefeitos.

AYR ALISKI, Agência Estado

07 de novembro de 2013 | 20h25

Balanço da SRI aponta que 138 prefeitos foram pessoalmente ao evento desta quinta-feira em São Luís. O Maranhão tem 217 municípios. A SRI destaca que o objetivo desse tipo de ação é intensificar as orientações para que os municípios tenham acesso garantido aos recursos que a União disponibiliza por meio de programas, convênios e parcerias.

Os encontros começaram em Sergipe e depois seguiram por Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Piauí, Rio Grande do Norte, Pará, Paraná, Ceará, Tocantins, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Acre, Rondônia, Goiás, Paraíba, Alagoas, Amazonas, Roraima, Amapá, Rio Grande do Sul e, agora, o Maranhão. A ideia do governo federal é que esses encontros envolvam todos os Estados.

Esses debates foram determinados pela presidente Dilma Rousseff, de forma a aproximar o governo federal dos municípios. "A ordem da presidenta Dilma é clara: precisamos ir até onde as coisas acontecem, onde os cidadãos recebem os benefícios da administração pública para otimizar a gestão municipal e melhorar a vida das pessoas. Estamos aqui para que todos os prefeitos, principalmente aqueles que estão no seu primeiro ano de mandato, possam oferecer melhorias à população. Estamos aqui, também, para reforçar que as prefeituras podem contar com a ajuda do governo federal para isso", disse hoje a ministra Ideli Salvatti em São Luís, conforme nota divulgada pela SRI.

Nesta quinta-feira, em São Luís, atenderam os prefeitos e representantes dos municípios maranhenses técnicos de 12 ministérios, além de representantes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Controladoria-Geral da União, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O ministro do Turismo, por sua vez, pediu hoje esforço dos prefeitos maranhenses para que sejam aceleradas obras no Estado. "Peço atenção, empenho, peço que vão até a Caixa Econômica Federal, tirem as suas dúvidas, apresentem as documentações exigidas e deem andamento aos projetos que a população tanto espera", afirmou.

Gastão Vieira ressaltou que há R$ 400 milhões em investimentos em infraestrutura turística prontos para contratação no Maranhão. O ministério explica que são obras que ainda não começaram por falta de documentação ou outras pendências bancárias. No caso desses recursos, após a liberação da verba por parte do governo federal, ou seja, o empenho, os municípios têm até dois anos para dar início às obras, sob pena de perderem o recurso.

Tudo o que sabemos sobre:
prefeitosSão luís

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.