Governo recua e adia votação sobre a CLT

O líder do PSDB na Câmara, Jutahy Júnior (BA), e o vice-líder governista na Casa Luciano Pizzatto (PFL-PR) disse hoje que o governo decidiu aceitar a sugestão do PMDB de adiar para a próxima terça-feira a votação do projeto de lei que estabelece a prevalência dos acordos e convenções coletivas sobre a legislação trabalhista.Jutahy disse que hoje será feita apenas a leitura do relatório sobre a matéria. Segundo Pizzatto, a decisão de concordar com o adiamento foi tomada após consulta aos líderes dos partidos governistas, que fizeram uma reunião informal no próprio plenário. Com isso, os partidos da base aliada esperam que o governo tenha todos os partidos da base apoiando o projeto na semana que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.