Governo recorrerá a todos caminhos para proibir bingos, diz Dirceu

O ministo-chefe da Casa Civil, José Dirceu, afirmou que o governo vai recorrer a todos os caminhos possíveis para proibir o funcionamento das casas de bingo e de máquinas caça-níquel no País. Ele disse que uma alternativa à medida provisória derrubada pelo Senado está em estudo por diversos integrantes da União. Dirceu assegurou que o governo não tem razão para se precipitar nesta questão porque o projeto de lei da oposição já está em tramitação no Congresso. Ele informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu que o Ministério de Justiça, a Advocacia Geral da União, o Gabinete Civil e a articulação política estudem as alternativas jurídicas possíveis para solucionar a questão. Dirceu disse ainda que Lula vai conversar com os presidentes da Câmara e do Senado, respectivamente, João Paulo Cunha e José Sarney, e também com o líder do governo no Senado, Aloízio Mercadante, sobre o assunto para chegar a uma decisão. Ele reiterou que há "uma ilegalidade flagrante" em relação ao funcionamento das casas de jogos de azar e elogiou a posição do governo do Paraná, que sustou a legalidade desses estabelecimentos no Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.