Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Governo quer ressuscitar laboratórios públicos

O ministro da Saúde, Humberto Costa, inicia esta tarde, no Hotel St. Peter, em Brasília, uma ampla discussão sobre a produção de medicamentos em laboratórios oficiais. Organizado pelo Ministério da Saúde, o debate reunirá até amanhã representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e dos conselhos nacionais de saúde, das secretarias estaduais e municipais, além de especialistas da Fundação Oswaldo Cruz e laboratórios oficiais.O seminário, denominado "Produção Oficial de Medicamentos: Diagnóstico, Limitações e Perspectivas", pretende traçar um diagnóstico sobre o setor farmacêutico estatal, discutir e propor formas de superar as dificuldades já identificadas e reunir subsídios para a formulação de uma política que fortaleça a produção nacional de medicamentos.Outros temas também farão parte da discussão, entre eles a oferta de medicamentos como parte das políticas públicas de saúde e a proposta do Ministério da Saúde para fortalecer o sistema oficial de produção. Segundo o diretor do Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde, Norberto Rech, o setor industrial farmacêutico do País é essencial para a implementação da política nacional de saúde. "É preciso que os laboratórios oficiais se consolidem como instrumento estratégico para a garantia do acesso universal e integral aos medicamentos e à assistência farmacêutica", diz.

Agencia Estado,

02 de julho de 2003 | 14h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.