Governo quer que médicos do INSS voltem ao trabalho

O governo convocou os médicos do INSS para retornarem ao trabalho. Em nota divulgada hoje, a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento esclarece que já vinha negociando com as entidades representativas da categoria desde antes do início da greve e que na última quarta-feira o governo apresentou sua contraproposta, que não foi aceita pela categoria."Assim, ao mesmo tempo em que conclama os médicos do INSS em greve a retornarem ao trabalho, o governo reitera sua intenção de cumprir rigorosamente com a Constituição e a Lei e assegurar a prestação de serviços à sociedade", diz a nota.Os médicos do INSS, responsáveis pelas perícias médicas necessárias para a concessão de benefícios por invalidez, auxílio-doença e auxílio-acidente aos segurados da Previdência Social estão em greve desde o dia 3 de dezembro do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.