Governo quer deputado petista para suceder Marinho

O deputado José Pimentel (PT-CE) é o nome preferido do Planalto para suceder a Luiz Marinho no Ministério da Previdência. Marinho deixará o cargo até o dia 5, como manda a Lei Eleitoral, para disputar a Prefeitura de São Bernardo do Campo. Pimentel já foi sondado por auxiliares do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas trata o assunto com discrição.Cauteloso, ele diz que está empenhado em aprovar a reforma tributária e nega qualquer convite. Reservadamente, porém, não esconde o ânimo com a possibilidade de participar da equipe de Lula. ?As conversas estão adiantadas com o sacristão, mas falta conversar com o padre?, brinca o deputado, que foi relator da proposta de Orçamento da União para 2008.Já para a cadeira da ministra do Turismo, Marta Suplicy, que deve disputar a Prefeitura de São Paulo pelo PT, a solução caminha para um acerto interno. Até agora, o mais cotado é o petista Luiz Eduardo Barreto Filho, secretário-executivo do ministério e braço direito de Marta. Nas fileiras do PT, o comentário é de que Barreto pode exercer uma espécie de mandato-tampão para ?segurar? a vaga até o desfecho da eleição. Lula já avisou a auxiliares, porém, que Marta não voltará para o Turismo, se perder a eleição em São Paulo. O presidente não descarta, no entanto, a possibilidade de convocar para o primeiro escalão petistas que encerram seus mandatos no fim do ano. É o caso do prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT). Lula gosta de Pimentel e pretende aproveitá-lo no governo, a partir de 2009, embora ainda não tenha definido para qual função. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.