Governo publica saída de presidente da Embrapa

O governo publicou hoje no "Diário Oficial da União" (D.O.U.) o decreto de exoneração "a pedido" de Silvio Crestana do cargo de diretor-presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), retroativa a 30 de junho. Crestana deixou a presidência da empresa alegando questões pessoais e deve retornar à unidade da Embrapa de São Carlos, no interior paulista. Ele estava licenciado há 60 dias. Kepler Euclides Filho responde interinamente pela presidência da instituição.

ROSANA DE CASSIA, Agencia Estado

06 de julho de 2009 | 10h34

Crestana esteve na sexta-feira com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acompanhado do chefe da Embrapa na área de Arroz e Feijão, Pedro Arraes, cotado para sucedê-lo. No entanto, a nomeação de Arraes, que é primo do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), não saiu hoje no D.O.U..

Também foi publicada hoje a exoneração de Luiz Antonio Souza da Eira do cargo de secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, retroativo a 1º de julho. A saída de Eira estaria sendo atribuída a um desentendimento com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Também não há nomeação para o cargo no "Diário Oficial da União".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.