Governo promete criar 1,471 milhão de empregos

O ministro das Cidades, Olívio Dutra, anunciou que o governo vai investir, em 2004, R$ 12,14 bilhões em habitação e saneamento, o que possibilitará a criação de 1,471 milhão de empregos. A maior parte dos recursos, segundo Dutra, será mobilizada pelo Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), de onde sairão R$ 4 bilhões para habitação e R$ 1,8 bilhão para saneamento. De acordo com o ministro, os recursos representam aproximadamente o dobro do que foi aplicado no ano passado, e não deverá haver problemas quanto ao limite de endividamento dos Estados e municípios, já que a recente renovação do acordo do País com o FMI liberou do limite de endividamento do setor público R$ 2,9 bilhões para investimentos em saneamento. Olívio Dutra disse que esse limite poderá ser ampliado, dependendo das respostas macroeconômicas. Questionado sobre eventual uso desses recursos para fins eleitoreiros, Dutra disse que o governo não mudará sua lógica por ser 2004 um ano eleitoral. "Não vamos mudar a atitude do governo em relação à coisa pública", afirmou. "Que bom que nós temos eleição, e o governo quer sair vitorioso das eleições; mas não por conta da utilização de recursos públicos, como já se fez em outras épocas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.