Governo promete 183 mil cestas básicas aos sem-terra

O ministro da Segurança Alimentar, José Graziano, disse nesta quinta-feira ao Estado que o governo federal vai destinar 183 mil cestas básicas para as famílias dos assentamentos do MST. Já nesta sexta-feira será encaminhado o primeiro carregamento, contendo 50 toneladas. Outras 50 toneladas devem ser entregues até o final da próxima semana. Graziano disse que os saques promovidos pelos sem-terra em Pernambuco, alegando fome, foram "uma situação não esperada pelo governo, uma surpresa". Para ele, a situação agora está sob controle.O ministro disse também que será necessário um aumento de 30% na produção agrícola para atender aos quase 50 milhões de pessoas que não conseguem fazer as três refeições mencionadas pelo presidente Lula. "É viável, já que a agricultura está indo bem", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.