Governo prepara campanha na TV em defesa do ajuste fiscal

Estratégia do Palácio do Planalto é 'unificar a narrativa' dos ministros para que todos expliquem que as medidas são 'necessárias' para pôr a economia nos trilhos e retomar o crescimento

Vera Rosa, O Estado de S. Paulo

13 Abril 2015 | 17h07

Brasília - O governo vai fazer uma campanha publicitária na TV em defesa do ajuste fiscal. A estratégia do Palácio do Planalto é "unificar a narrativa" dos ministros para que todos expliquem que as medidas são "necessárias" para pôr a economia nos trilhos e retomar o crescimento.

"Haverá uma campanha para esclarecer o que é o ajuste e levar as informações ao público", disse o ministro da Comunicação Social, Edinho Silva. O formato da propaganda ainda está sendo avaliado, mas a idéia é que a força tarefa pró-ajuste entre no ar ainda neste mês.

Depois das manifestações deste domingo e da queda da popularidade da presidente Dilma Rousseff, a ordem no Planalto é para que os ministros se comuniquem mais, a fim de mostrar que o governo não está paralisado. 

"É evidente que o poder central sempre acaba capitalizando o descontentamento da população", disse Silva. "Da nossa parte vamos alinhar o discurso e mostrar que estamos atentos à pauta trazida pelas ruas. O governo está trabalhando e há importantes iniciativas em relação à infraestrutura (concessões de aeroportos, portos, rodovias e ferrovias), à educação e à saúde."

Mais conteúdo sobre:
Dilma Rousseffajuste fiscal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.