Governo prepara acordo para corrigir aposentadorias, diz Lando

O ministro da Previdência Amir Lando disse que "o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve anunciar na próxima semana, o acordo para o pagamento da correção da aposentadoria que não foi corrigida entre 94 e 97". E complementou: "O presidente deve convocar ainda os ministros da Fazenda, Antonio Palocci; da Casa Civil, José Dirceu; as Centrais Sindicais; e entidades de aposentados para firmar este acordo de aplicação da URV sobre os salários dos aposentados", explicou Lando.Por diversas vezes o Ministério da Previdência já havia anunciado acordos sobre o mesmo assunto, que acabaram não acontecendo. Amir Lando veio à São Paulo, para assinar o contrato de parceria com três sub-prefeituras, a de Campo Limpo, Capela do Socorro e Perús, para o funcionamento nos seus prédios, o Prev-Móvel, um furgão que vai atender as pessoas sobre benefícios da Previdência Social.A respeito da greve de 24 horas dos funcionários da Previdência, Amir Lando disse que "o acordo que encerrou a greve de 42 dias no ínicio do mês, está sendo cumprido", e considerou "uma intolerância" a greve que está ocorrendo. "O acordo está sendo cumprido", afirmou. A greve foi determinada em assembléia por volta das 21h30 de quarta-feira, e as pessoas foram para as filas hoje, sem saber se seriam atendidas, isto deixou o ministro irritado. "Uma intolerância?, disse ele. No Estado de São Paulo pararam cerca de 22 agências. O ministro volta à Brasília no ínicio da tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.