Governo precisa trabalhar para unificar base, diz Tarso

O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, fez nesta segunda-feira uma avaliação "positiva" das eleições no Congresso e disse que o governo precisa, agora, trabalhar para unificar a base. Tarso participou de uma reunião de coordenação política com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Além dos dois, participaram do encontro os ministros da Fazenda, Guido Mantega, da Casa Civil, Dilma Rousseff, da Secretaria Geral, Luiz Dulci e da Justiça, Márcio Thomaz Bastos. Após o encontro, Bastos teve uma audiência reservada com Lula, na qual ambos discutiram nomes alternativos para a pasta. Lula deve receber ainda nesta segunda-feira os presidentes da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O objetivo é avaliar separadamente a situação da base aliada, que ficou dividida após a disputa entre Chinaglia e Aldo Rebelo (PCdoB-SP) à presidência da Câmara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.