Governo poderá suspender 30 mil benefícios do Bolsa Família

O governo federal poderá suspender o pagamento de quase 30 mil benefícios do programa Bolsa Família. Este mês ainda serão bloqueados outros 138.521 pagamentos. Todas as medidas foram tomadas porque as famílias não cumpriram a obrigação de fazer com que os filhos freqüentassem pelo menos 85% das aulas. Os benefícios suspensos significam que as famílias não cumpriram a contrapartida obrigatória por três ou quatro meses seguidos. Nesse caso, as famílias poderão voltar a receber o programa desde que cumpram a contrapartida nos próximos dois meses, mas perdem o pagamento equivalente a esses meses. Dessas 30 mil, 25 já estão sendo suspensas pela segunda vez e podem perder o benefício definitivamente. Por isso, o Ministério do Desenvolvimento Social encaminhou para as prefeituras os nomes para que haja uma verificação da situação da família. As outras 138,5 mil famílias que tiveram o benefício bloqueado poderão recuperar o pagamento se nesse próximo mês cumprirem as contrapartidas no programa. Se fizerem isso, elas receberão o pagamento de abril junto com o de maio. Outras 590,8 mil famílias que não cumpriram as exigências pela primeiro mês irão receber uma advertência do ministério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.