Governo não faz política com o Bolsa em época de eleição, diz Dilma

Presidente justificou não ter feito reajuste no ano passado, em época de eleições

Tânia Monteiro e Tiago Décimo, da Agência Estado

01 de março de 2011 | 15h20

No discurso para uma plateia de 2 mil pessoas essencialmente mulheres trabalhadoras rurais, a presidente Dilma Rousseff disse nesta terça em Irecê (BA) que o governo não anunciou o reajuste do Bolsa Família no ano passado, porque "não faz política com bolsa família em época de eleição". Ela lembrou que o último reajuste foi em 2009 e fez questão de ressaltar que estava privilegiando as famílias que tinham mais filhos, porque são as quem tem maiores dificuldades para enfrentar a vida e maior nível de pobreza.

 

Veja também:

link Com impacto de R$ 2,1 bi, Dilma reajusta Bolsa Família

blog Dilma vai ao programa de Ana Maria Braga

 

Dilma disse que vai anunciar o programa de erradicação da miséria, mas não precisou quando, nem que tipo de benefícios o programa terá. Ela pediu aos prefeitos que melhorem o cadastro dos candidatos ao benefício, para que o Bolsa Família possa atender maior número de pessoas.

 

O momento de maior entusiasmo no discurso foi quando Dilma contou que almoçou na última sexta-feira com o ex-presidente Lula e que contou a ele que ia anunciar o aumento do reajuste do Bolsa Família. A plateia aplaudiu quando Dilma disse que Lula estará com ela nos próximos 4 anos e que ela dará continuidade à transformação que Lula encaminhou. "Agora a bola está conosco, sobretudo com as mulheres que sabem ter coragem", afirmou. Dilma acaba de decolar de helicóptero para Lençóis, de onde seguirá, de avião presidencial, para Salvador, para a cerimônia de implantação do Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito da Bahia.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.