?Governo não está morto?, diz Lula

Os resultados das pesquisas eleitorais divulgados nesta terça-feira não tranqüilizam o presidenciável do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, que é tido como presença certa num eventual segundo turno em 2002. "Não podemos ficar de sapato alto, pois sabemos que o governo não está morto, que as candidaturas não estão definidas, e portanto precisamos agora trabalhar mais do que trabalhamos", disse Lula em entrevista à Rede Globo. A emissora também ouviu outros nomes relacionados nas pesquisas. Eis o que disseram:Ciro Gomes"Eu acho que é uma pesquisa que retrata, muito distante, o momento brasileiro, com sua margem de erro, com a sua metodologia, que nós não conhecemos."Roseana SarneyA segunda colocada nas pesquisa, a governadora pefelista do Maranhão, atribuiu sua performance ao reconhecimento do trabalho das mulheres. "Mas eu continuo mantendo o meu ponto de vista, de que ainda é cedo para estar discutindo candidaturas."Garotinho"Eu acho um resultado muito positivo, até porque os outros candidatos já estão há muito mais tempo em campanha do que eu. A minha candidatura foi colocada há pouco mais de dois meses para a opinião pública e o resultado mostra que a minha mensagem para a população está surtindo efeito."Itamar e SerraO governador Itamar Franco está na Europa, mas sua assessoria em Belo Horizonte informou que ele não comenta resultados de pesquisas. Em Brasília, o ministro José Serra adotou o mesmo procedimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.