Governo mexicano adia partida de Gloria Trevi do País

A cantora mexicana Gloria Trevi não embarcou na noite desta quinta-feira para o México. Na última hora, o governo mexicano decidiu que a cantora não deveria viajar em um vôo de carreira e sim em avião oficial do governo do México. Com isso, ela passará a noite, juntamente com o filho Angel Gabriel, no alojamento da PF, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.As informações são desencontradas, mas um agente da PF brasileira, que não quis se identificar, disse que os agentes federais mexicanos, que deveriam escoltar a cantora, receberam ordem para que não embarcassem no vôo de número 15 da companhia Aeromexico. O vôo da Aeroméxico estava programado para partir às 0h45 de hoje, mas devido ao atraso, só deveria decolar por volta de 2h00.Diante do impasse, Gloria Trevi terá que passar, pelo menos, mais um dia no Brasil. O cônsul mexicano no Brasil, Ricardo Ahuja, permanece no aeroporto de Cumbica intermediando as negociações entre o Itamarati e o governo mexicano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.