Governo Lula não é transição para socialismo, diz Genoino

O presidente nacional do PT, José Genoino, afirmou hoje que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva "não é uma transição para o socialismo", ao comentar o manifesto de um grupo de economistas, do Rio e São Paulo, que chama de neoliberal a política econômica do governo do PT. "Nós não estamos fazendo um governo de enfrentamento ou de ruptura revolucionária", disse. "O nosso governo é de mudanças e reformas graduais e processuais, dentro de uma ordem econômica em que o Brasil está inserido", argumentou Genoino, antes de participar de um debate na Universidade São Judas Tadeu, na Moóca.Para Genoino, o documento, que deve ser lançado na segunda-feira, véspera do início da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), deixa de considerar o cenário da política mundial e do próprio Brasil. "Eles (economistas) fazem propostas em relação ao câmbio e controle de capitais que o Brasil não tem condições de executar."O presidente do PT disse que há outro debate que deve ser feito: "Qual a estratégia que um partido de esquerda deve adotar para governar um País como o Brasil?" Para ele, essa estratégia é achar uma forma de governar com condições para mudar o modelo econômico ao longo dos quatro anos de mandato." Genoino disse também que há no documento "uma mistura de pressa e disputa política que estão embutidas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.