Governo libera R$ 9,7 milhões para o TRT-SP

O presidente do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, Francisco Antônio de Oliveira, discutiu hoje com o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) a retomada das obras do Fórum Trabalhista de São Paulo.Oliveira previu que as obras, paralisadas há quatro anos por irregularidades cometidas pelo ex-presidente do Tribunal, o juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, serão retomadas dentro de 45 dias. Segundo o TST, dos R$ 45 milhões necessários para a conclusão do prédio, R$ 9,7 milhões foram liberados pelo governo federal. Francisco Oliveira acredita que a obra poderá ser concluída em seis meses se todos os recursos forem liberados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.