Governo libera R$ 40,6 bi em crédito suplementar

Em 12 decretos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, liberaram R$ 40,6 bilhões em crédito suplementar. O valor mais elevado - no total de R$ 38 bilhões - foi destinado ao Ministério da Saúde e ao pagamento de encargos financeiros da União. Os recursos previstos nos 12 decretos foram publicados em edição extraordinária do Diário Oficial da União que circulou hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.