Governo leiloa aeronaves e veículos apreendidos do narcotráfico

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), órgão ligado ao Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSIPR), informou que leiloará na manhã desta quarta-feira, em Guarulhos, na Grande São Paulo, seis aeronaves e 20 veículos apreendidos em ações de repressão ao narcotráfico. Segundo a Senad, os recursos arrecadados no leilão serão destinados ao Fundo Nacional Antidrogas (Funad), que realiza trabalho de prevenção da demanda e oferta de drogas.Este será o terceiro leilão da Senad no ano em São Paulo e o sexto no País. No leilão realizado em janeiro no Estado, a secretaria arrecadou R$ 800 mil. Em outubro, as vendas alcançaram R$ 700 mil. A expectativa de arrecadação para o leilão de hoje é de pelo menos R$ 500 mil, diz o diretor de Contencioso e Gestão do Funad, Ramon Fernando Silva.De acordo com informações do edital do leilão, das seis aeronaves, fabricadas pela Embraer e Cessna entre 1972 e 1981, uma está em bom estado de conservação e cinco em estado regular. Entre os veículos, seis estão inteiros, dez batidos e dois já são considerados sucata sem qualquer tipo de documentação. As motos e os carros foram produzidos entre 1972 e 1997. Há ainda um jet sky, ano 1997, com reboque, que também será leiloado. Eventuais dívidas, multas, impostos e defeitos, tanto das aeronaves quanto dos veículos, serão informados e os custos ficarão por conta do comprador.Silva esclarece que recursos judiciais tomados por réus durante o andamento dos processos impedem que o governo possa leiloá-los até que a decisão chegue à condição de transitado em julgado. "O governo não pode vender os veículos até que eles sejam desembaraçados, o que também leva algum tempo", explica.Conforme diz Silva, diversas empresas aéreas se interessam pelas aeronaves oferecidas nos leilões. "Algumas empresas adquirem os aviões para desmontá-los e utilizar suas peças. Mas, dos 28 aviões que leiloamos este ano, pelo menos 20 estão sendo usados para vôos", disse. Já os carros normalmente são comprados por pessoas físicas, que buscam preços mais baixos que os oferecidos pelo mercado.Os recursos arrecadados nos leilões da Senad são utilizados em ações como reaparelhamento de polícia, campanhas educativas, cursos de capacitação e tratamento de usuários. O edital do leilão está disponível nos endereços www.senad.gov.br e www.ssol.com.br , na sede da Secretaria Nacional Antidrogas/GSIPR - Palácio do Planalto, Anexo II B, sala 216, em Brasília, e no local do leilão, que será realizado em Guarulhos, no Pátio do Leiloeiro Oficial Sodré Santoro, localizado na Marginal da Vida Dutra, km 224,6, Vila Augusta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.