Governo lança o Provão do supletivo

O presidente Fernando Henrique Cardoso informou nesta terça-feira, por meio de sua assessoria, que será lançado nesta quarta-feira o Exame Nacional de Certificação e Competências de Jovens e Adultos, um tipo de Provão para cursos supletivos. As provas vão ocorrer nos dias 3,10,17 e 24 de novembro, nos Estados que aderirem ao exame.No País, há 3,8 milhões de estudantes nas escolas supletivas, conforme dados do Ministério da Educação. Para o exame do ensino fundamental, a idade mínima para inscrição é de 15 anos e, para o ensino médio, 18 anos. O anúncio do Provão seria feito por meio do programa Palavra do Presidente, transmitido todas as terças-feiras em rede nacional de rádio, mas, por problemas técnicos, o programa não iria ao ar nesta terça.A nova avaliação, idealizada pelo MEC, segue o modelo do Provão do ensino superior e do Exame Nacional do Ensino Médido (Enem). ?Agora nós vamos saber como anda o ensino de jovens e adultos, um ensino que mudou muito, mas que ainda hoje é conhecido como supletivo. E que, na prática, é um curso, digamos, fora de época?, disse o presidente, conforme texto distribuído pela assessoria do Palácio do Planalto. ?Jovens acima de 15 anos e adultos que não freqüentaram ou não acompanharam o ensino na idade adequada ganham uma segunda oportunidade.?Segundo o presidente, as secretarias estaduais de educação devem aplicar e corrigir o exame e enviar o resultado ao MEC, que pretende usar os dados para melhorar a qualidade dos cursos. Fernando Henrique afirmou que, graças às parcerias entre governo federal, estados e municípios, o censo escolar apontou uma expansão de 41%, no número de matrículas no ensino fundamental, e de 190%, no ensino médio, de 1995 a 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.