Governo investe R$ 8 milhões em pesquisas rodoviárias

O Diário Oficial da União publicou portaria do ministro dos Transportes, Anderson Adauto, que autoriza a retomada de pesquisas desenvolvidas pelo Instituto de Pesquisas Rodoviárias (IPR), vinculado ao Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit), antigo DNER. Serão reiniciadas quatro pesquisas com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contrapartida da União. Os estudos devem ser concluídos em 2004 e custarão R$ 8 milhões.Um dos estudos vai realizar um diagnóstico sobre as condições das pontes e viadutos localizados nas rodovias federais. Um outro vai apontar o custo que os acidentes nas rodovias federais representam ao País. Uma terceira pesquisa, intitulada "Pavimentos Típicos Brasileiros", vai traçar o perfil de cada uma das regiões brasileiras, apontando qual o tipo de pavimentação mais adequado às obras que serão desenvolvidas naqueles locais. Um quarto levantamento será a avaliação estrutural dos pavimentos, que vai apontar o grau de deformação das rodovias federais e qual o tipo de recuperação mais eficiente em determinados trechos das estradas. Esta pesquisa será concluída ainda neste ano. As informações foram divulgadas pela assessoria do Ministério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.