Governo inclui arrecadação da CPMF no Orçamento de 2002

O governo deverá encaminhar nesta quinta-feira ao Congresso, o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2002, que contém, entre seus pontos principais, a manutenção da meta de superávit primário das contas públicas em torno de R$ 30 bilhões, a exemplo do que está previsto para o Orçamento Geral da União para este ano. Para atingir esta meta, o governo conta com a manutenção da CPMF ou de um tributo para substituí-la no segundo semestre do ano que vem, já que a vigência da CPMF só vai até o fim de junho de 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.