Dida Sampaio/Estadão e Divulgação
Dida Sampaio/Estadão e Divulgação

'Governo Federal: Ordem e Progresso' será o slogan de Temer

Marqueteiro afirmou que intenção é transmitir uma mensagem 'forte, concisa e atual'; novo lema substitui o 'Brasil: Pátria Educadora'

Erich Decat, O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2016 | 11h08

BRASÍLIA - Definido na véspera de o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), assumir nesta quinta-feira, 12, interinamente a presidência, o slogan do novo governo será "Governo Federal: Ordem e Progresso".

Segundo o marqueteiro Elsinho Mouco, um dos responsáveis pela criação do novo conceito, a ideia é ter uma mensagem "forte, concisa e atual". Ele passou parte do dia desta quarta-feira, 11, reunido com a equipe de Temer para fechar os últimos acertos sobre o planejamento da imagem do novo governo.

"Recuperar o País da desorganização política, econômica e social e retomar o crescimento econômico, é a tradução do conceito de Ordem e Progresso. A ideia era criar algo forte, conciso e atual. Acho que conseguimos", afirmou Mouco ao Estado.

O novo lema vai substituir o "O Brasil: Pátria Educadora" criado pelo governo Dilma Rousseff (PT) no início do segundo mandato da petista.

A imagem criada para o novo slogan coloca em destaque a esfera celeste da bandeira do Brasil com a frase "Ordem e Progresso" e, ao fundo, em branco a palavra "Brasil" e a expressão "governo federal".

Pronunciamento. Após ser notificado sobre a decisão de afastamento da presidente Dilma, o vice-presidente realizará um pronunciamento na tarde desta quinta-feira no Palácio do Planalto.

Em meio à correria dos preparativos para assumir o comando do País e das negociações com integrantes da futura base aliada, Temer falou ao Estado sobre o seu primeiro discurso como presidente. "Vai ser a pacificação e unidade do País, além do crescimento da economia. Vamos tomar medidas para isso", disse. 

Questionado se também anunciará nesta quinta-feira as propostas que o novo governo pretende tomar na área econômica, Temer respondeu: "Vamos usar essa frase genérica, as medidas virão depois".

Segundo ele, por outro lado, a nova equipe ministerial deverá ser apresentada durante o pronunciamento. "O ministério anuncio amanhã (quinta-feira)", afirmou Temer. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.