Governo federal discute combate ao crime com Rio e ES

Técnicos da Secretaria de Segurança Pública do Rio vão a Brasília no próximo mês para discutir com o secretário nacional de Segurança, Luiz Eduardo Soares, projetos conjuntos de combate ao crime. O encontro foi definido nesta segunda-feira, no Rio, em reunião entre Soares e a governadora Rosinha Garotinho (PSB). A imprensa não pôde participar da conversa.Soares é antigo desafeto do marido da governadora, Anthony Garotinho. Rosinha não deu entrevista e passou as informações por meio do secretário de Integração Governamental, Luiz Rogério Magalhães. Soares saiu sem dar declarações.À tarde, Rosinha informou que o presidente do Instituto de Segurança, coronel Jorge da Silva, será o interlocutor do Estado com o governo federal. Em entrevista à Globo, Soares defendeu a "modernização e moralização" da polícia e disse que a governadora propôs a criação de uma Polícia Rodoviária Estadual.O secretário Magalhães afirmou que será dada prioridade à área de inteligência. "Vamos construir os programas juntos." Segundo ele, Soares disse que considera "modestos os recursos de R$ 404 milhões da pasta, herdados da administração anterior, mas pretende dar prioridade ao Rio".Espírito SantoNesta terça-feira, o secretário nacional e o superintendente da Polícia Federal, Paulo Lacerda, se reunirão com o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PSB), para discutir o combate ao crime no Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.