Governo está no caminho certo, diz ministra

Apesar da queda de 2,5% na produção industrial brasileira em fevereiro, divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que o governo acredita que está "no caminho certo" para garantir a retomada do crescimento em 2013. "Estamos atentos e tomando todas as medidas para que isso aconteça", afirmou a ministra após participar do 57º Congresso Estadual de Municípios, realizado em Santos.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

03 Abril 2013 | 20h00

Citando analistas de mercado que projetam uma expansão do PIB da ordem de 3% a 4% e um aumento no nível de investimentos entre 6% e 7%, a ministra admitiu que no ano passado o investimento foi "crítico", mas que neste ano há uma tendência de recuperação. "Se a gente olhar a série histórica a gente vai ver que os investimentos estão crescendo e o emprego também, que o nível de crescimento do último quadrimestre já está muito mais acelerado", concluiu.

Na palestra que fez aos prefeitos paulistas, Miriam Belchior falou dos 10 anos do governo do PT, que classificou como republicano por tratar governos estaduais e municipais de maneira igualitária, independente da posição partidária. Ao falar sobre o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a ministra lembrou para o Estado de São Paulo, por exemplo, estão previstos R$ 193 bilhões em obras no âmbito do PAC 2.

Ela também pediu para que os prefeitos tenham pelo menos um interlocutor em seus gabinetes para acompanhar o andamento das obras do PAC, desde a fase do projeto até a conclusão, para evitar obras paralisadas e atrasos. Miriam aproveitou para ressaltar que o PAC oferece no momento R$ 3,3 milhões para projetos municipais, mas os prefeitos devem se inscrever até a próxima sexta-feira. Segundo ela, os prefeitos paulistas não têm aderido muito a esses programas, especialmente o Minha Casa Minha Vida. "Nos parece que, no caso de São Paulo, muita gente está deixando para a última hora", reclamou.

Mais conteúdo sobre:
prefeitosmiriam belchior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.