Governo elogia Chávez e Uribe por libertação de reféns

O governo brasileiro comemorou nestaquinta-feira a libertação de duas reféns da guerrilha naColômbia e parabenizou os presidentes Alvaro Uribe (Colômbia) eHugo Chávez (Venezuela) pela coordenação da operação. As políticas Clara Rojas e Consuelo González foramentregues pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia(Farc) a uma missão articulada por Chávez na selva colombiana. "O governo brasileiro congratula-se com o presidente AlvaroUribe e com o presidente Hugo Chávez pela bem-sucedida conduçãodos entendimentos que possibilitaram a libertação das cidadãscolombianas", informou comunicado do Ministério das RelaçõesExteriores. No final de dezembro, Chávez armou operação semelhante pararesgatar reféns, mas a tentativa fracassou. Uma comissãointernacional chegou a viajar para Venezuela e Colômbia,incluindo o assessor especial da Presidência para AssuntosInternacionais, Marco Aurélio Garcia. "O governo brasileiro reitera seu apoio às iniciativas que,em pleno respeito à soberania colombiana, contribuam para asolução dessas questões humanitárias", acrescenta a nota. (Texto de Tatiana Ramil, Edição de Mair Pena Neto).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.