Governo edita MP com reajuste a servidores, ao custo de R$1,5 bilhão

Quase um milhão será beneficiado pelo aumento, previsto na Lei Orçamentária de 2012

Reuters

14 de maio de 2012 | 08h53

SÃO PAULO - O governo federal encaminhou nesta segunda-feira, 14, ao Congresso Nacional a Medida Provisória 568 que concede reajuste salarial a quase um milhão de servidores federais ativos, aposentados e pensionistas.

 

De acordo com nota do Ministério do Planejamento, o valor do conjunto de medidas é de aproximadamente 1,5 bilhão de reais para 2012 e já estava previsto na Lei Orçamentária Anual deste ano, aprovada pelo Congresso e sancionada pela Presidência da República.

 

Ao todo, serão beneficiados 937.675 servidores. Segundo o ministério, a MP 568 vai substituir o Projeto de Lei 2.203/2011, que foi enviado ao Congresso em agosto do ano passado e trata da reestruturação de cargos, planos de cargos e carreiras, além de tabelas remuneratórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.