Governo é principal culpado pela crise aérea, diz CNT/Sensus

O governo federal foi apontado como o principal responsável pela crise aérea no País. Pesquisa CNT-Sensus mostra essa constatação para 21,2% dos entrevistados. Tomando por base apenas os entrevistados que tiveram contato com o assunto (acompanham ou ouviram falar), esse número sobe para 25,8%.Os controladores de vôo e as companhias aéreas foram apontados como os responsáveis pela crise por 12,4% e 9%, respectivamente, do total de entrevistados. A Aeronáutica e a Infraero aparecem logo depois, com 8,1% e 7,6%, respectivamente.Entre os entrevistados que tiveram contato com o assunto, os controladores ficaram em segundo com 15,1%. As companhias aéreas aparecem em terceiro, com 10,9%, a Aeronáutica com 9,9% e a Infraero com 9,3%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.