Governo e PMDB se reúnem semana que vem, diz Múcio

Lula deve receber José Sarney para discutir a sucessão no Senado; Garibaldi admite desistir a pedido do PMDB

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

13 de janeiro de 2009 | 13h39

Em encontro de quase duas horas no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os ministros do grupo de Coordenação Política trataram de política, economia e Faixa de Gaza. Na parte política, o ministro de Relações Institucionais, José Múcio, falou sobre as articulações que estão sendo feitas para as eleições às presidências da Câmara e do Senado e disse que a reunião com o PMDB deverá ocorrer somente na próxima semana.   Veja Também:  A sucessão dos presidentes do Senado    Estava previsto para segunda-feira o encontro do senador José Sarney (PMDB-AP) com Lula e que poderia confirmar sua candidatura à presidência do Senado. Garibaldi  Alves, que admitiu desistir da disputa caso o PMDB pedisse, telefonou para Sarney, mas não avançou na conversa uma vez que o ex-presidente disse estar muito gripado. "Não perguntei se ele seria candidato porque respeitei a gripe dele", observou.   Apesar de admitir a possibilidade de atender a um apelo da bancada do seu partido para não disputar as eleições do Senado, Garibaldi insistiu em dizer que, em toda a sua trajetória política, nunca desistiu no meio de uma candidatura. "Fui candidato 11 vezes e só perdi uma. Quero saber quem me colocará para correr. Será o Tião Viana, será o Sarney?", perguntou.   (Com Cida Fontes, de O Estado de S.Paulo)  

Tudo o que sabemos sobre:
CongressopresidênciaPMDBLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.