Governo e oposição fazem acordo para liberar pauta da Câmara

O governo e a oposição fecharam hoje um acordo para a votação da medida provisória que trata das dívidas dos pequenos produtores rurais e que estava obstruindo a pauta de votações da Câmara. Segundo o deputado João Grandão (PT-MS), que participou da negociação com o ministro-chefe da Casa Civil, Pedro Parente, houve apenas um avanço em relação ao acordo feito na primeira rodada de votações da MP na Câmara.João Grandão disse que o teto para rolagem das dívidas dos pequenos produtores rurais permanece para dívidas de até R$ 15 mil e não de R$ 35 mil, como havia sido aprovado na votação do Senado. No entanto, para ter direito à renegociação, os produtores terão de pagar apenas 10% das dívidas e não 20%, conforme estabelecido no acordo anterior.O governo também deixou abertura para negociações com o BNDES de casos não contemplados na MP. Com isso, a MP deve ser votada na sessão de hoje e, depois desta votação, está prevista na pauta a votação de dois recursos contra decisão do presidente da Câmara, Aécio Neves, de arquivar denúncias contra o presidente Fernando Henrique Cardoso por crime de responsabilidade.A seguir, está previsto o início da discussão de projetos que modificam o Código de Processo Penal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.