Governo e aliados decidem manter texto da MP dos bingos

O governo e os líderes aliados na Câmara decidiram manter a proibição do funcionamento dos bingos no País, como determinou a Medida Provisória 168. Segundo os líderes que participaram do encontro com o ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, no Palácio do Planalto, qualquer alteração na MP só será permitira para tornar a proibição mais abrangente e severa. "Esta é a posição do governo, transmitida pelo ministro Aldo Rebelo, e que as lideranças por unanimidade apoiaram", disse o líder do PSB, Renato Casagrande (ES). O líder do PMDB, José Borba (PR), disse que ainda que surjam resistências a essa proibição, "esta questão precisa ser levada ao rigor da lei". A orientação do governo é votar a MP ainda em março. A Câmara tem o prazo de até 5 de abril para votar a medida provisória. Depois dessa data, a MP trancará a pauta de votações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.