Governo do RS vai pagar 13º para secretários

Cada um deles vai ganhar R$ 11,5 mil a mais em dezembro de 2012, com um custo total para os cofres públicos de R$ 347 mil por ano

Elder Ogliari, de O Estado de S.Paulo,

10 de janeiro de 2012 | 18h51

PORTO ALEGRE - O governo do Rio Grande do Sul decidiu pagar 13º salário aos seus 30 secretários de Estado. A Casa Civil está elaborando o projeto, que será enviado à Assembleia Legislativa em fevereiro. A justificativa é que, assim como os demais trabalhadores, os secretários também devem receber o benefício. Pelos valores atuais, cada um deles vai ganhar R$ 11,5 mil a mais em dezembro de 2012, com um custo total para os cofres públicos de R$ 347 mil por ano. Não haverá retroatividade para anos anteriores. A medida não se estende ao governador Tarso Genro (PT) e o vice Beto Grill (PSB).

 

Um dos líderes de oposição na Assembleia, o deputado estadual Giovani Feltes (PMDB) admite que há uma tendência à aprovação da proposta porque o parlamento entende que o benefício é dos trabalhadores, o que não exclui o secretariado. Mas reclama da rapidez com que o governo se mobilizou para apresentar a proposta enquanto demora nas negociações salariais com categorias que ganham pouco.

Mais conteúdo sobre:
RS13ºsecretários

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.