Governo diz ter obtido desconto de 20% para obras nas estradas

O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, informou que o governo conseguiu um desconto médio de 20% nos contratos fechados sem licitação com as empresas que farão as obras emergenciais da operação tapa-buracos em cerca de 7.200 quilômetros de rodovias federais. Na semana passada, o ministro havia anunciado que o governo tentaria conseguir uma redução de 10% sobre os preços constantes da tabela do Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes). Em entrevista coletiva ao visitar o canteiro das obras iniciadas hoje no quilômetro 7 da BR 040, no município de Cidade Ocidental, em Goiás, Nascimento afirmou que o governo está tomando cuidados em relação a esses obras, contratadas emergencialmente. Ele disse, por exemplo, que elas só serão pagas após serem "auditadas individualmente". Apesar de informado, na semana passada, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderia visitar algumas das obras nas rodovias, o ministro disse hoje que o comparecimento do presidente deverá comparecer na fase de inaugurações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.