Governo desmente boato sobre Bolsa Família, mas beneficiários lotam agências da Caixa no CE

Em nota, Caixa Econômica Federal reafirma que pagamento será feito normalmente

atualizada às 15h30, Lauriberto Braga e Tiago Décimo - O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2013 | 12h09

Fortaleza - Mesmo depois de o governo federal desmentir o boato sobre o fim do Bolsa Família, as agências da Caixa Econômica Federal (CEF) no Ceará e na Bahia estavam lotadas na manhã desta segunda-feira, 20. Beneficiários do programa tentavam a todo custo sacar o dinheiro.

 

Segundo a Caixa, durante o fim de semana mais de 30 agências no Ceará registraram a presença de pessoas que tentavam retirar o valor do auxílio. Nesta manhã, com a abertura das agências para atendimento normal, todas as unidades foram procuradas por beneficiários. "Estamos com medo dessa parcela ser a última como estão espalhando por ai", disse uma senhora que não quis se identificar.

 

Por meio de nota, a Caixa disse que "o pagamento do programa Bolsa Família ocorre normalmente de acordo com calendário estipulado pelo governo federal. "A Caixa esclarece ainda que não procede a informação de que hoje seria o último dia para o pagamento do Bolsa Família", diz o texto.

 

O deputado federal José Guimarães (PT-CE), líder do PT na Câmara, tentou tranquilizar os beneficiários dizendo que tudo não passa de boatos. "Vamos identificar os responsáveis por essa boataria e que eles sejam colocado na cadeia", disse José Guimarães. "É uma mentira deslavada daqueles que, provavelmente, querem gerar um clima de intranquilidade entre as famílias brasileiras, principalmente nas de baixa renda, que têm no Bolsa Família seu sustento", afirmou.

 

O caso é investigado pela Polícia Federal. A onda de boatos percorreu ao menos dez Estados do País.

 

Já o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), disse que é difícil avaliar de onde partiu essa informação. "Não há nenhuma movimentação, tanto na Câmara quanto no Senado, no sentido de interromper o programa." Gomes de Matos coordena a Frente Parlamentar de Assistência Social na Câmara. Segundo ele, o Congresso apenas tem discutido matérias que têm por objetivo aperfeiçoar o programa.

 

Bahia. Beneficiários procuraram agências em Salvador, mas não foram registrados tumultos. De acordo com a assessoria de imprensa do banco no Estado, alguns pontos de atendimento foram orientados a abrir mais cedo, para que as filas do lado de fora não causassem problemas. No domingo, 19, houve tumulto em 11 agências em Salvador, além de problemas em cidades de Juazeiro e Itabuna.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsa FamíliaCearáCaixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.